terça-feira, 28 de fevereiro de 2012


Uma investigação simples: Pensamentos vêm e vão. Você é os pensamentos que vêm e vão? Sensações aparecem e desaparecem. Você é essas sensações? Sons, sensações, cheiros, dança. Você é aqueles sons, sentimentos, cheiros? E continue procurando: você tem alguma maneira de realmente separar o que você é a partir desses pensamentos, sensações, sentimentos? Existe alguma diferença entre o que você é e tudo o que aparece? Ou há apenas intimidade com toda a vida? Não pule para 'sim' ou 'não'. Não olhe para a mente (pensamento) para as respostas - a mente vem e vai. Olhe para o que está realmente acontecendo.
A vida está aqui para quebrar o seu coração outra vez até você perceber que desgosto tb faz parte da vida também. E então seu coração já não pode ser quebrado. Ou corrigido. E você ficar nu na frente da vida, momento a momento, sabendo que tudo que acontece é totalmente bem, mesmo em meio à devastação, o que, naturalmente, é a perfeita devastação. Esta é a liberdade para além do falar.]

Não há pensamento negativo. Nós chamamos um pensamento negativo quando não gostamos do que ele está falando de nós. Em outras palavras, quando estamos defendendo uma imagem de nós mesmos (ego).
JEFF FOSTER

Nenhum comentário: