quinta-feira, 26 de maio de 2011

O JOGO CÓSMICO DE MAYA



Os orientais chamam a vida de um “Jogo Cósmico”. Eles dizem que ela é uma brincadeira do Divino com Ele mesmo. É isso?

Sim, esta é uma maneira bondosa de alguns mestres transmitirem o intransmissível. Devemos ver tudo que os mestres falam como uma tentativa cheia de compaixão de nos ajudar a dar os importantes passos iniciais em direção a Si. Por isso eles contam histórias, criam conceitos, apontam ensinamentos. Mas como o ilimitado pode caber numa palavra? Como o infinito pode caber dentro do finito? Como o oceano pode caber num balde?

Os hindus falam do Jogo Cósmico – Maya. O Divino, em sua eterna solidão, queria uma companhia. Criou então um outro mundo e outros seres a partir de si mesmo. Mas não poderia brincar lá se soubesse que todos eram criações dele mesmo. Seria como jogar xadrex consigo mesmo! Não teria graça! Então o que ele fez? Criou a partir dele seres que esqueciam de sua origem. E fez o Jogo Cósmico: que era fazer com que estes seres fossem em busca de sua origem divina e perfeita, mas em sua jornada, passariam por inúmeras experiências fantásticas que se chamaria VIDA. Eis a história de maya – o poderoso feitiço que hipnotiza a mente dos homens e os faz pensar que são seres separados e imperfeitos, e que não são o Amor em sua Essência. Assim, com esta separação na mente do homem, foi criado o MEDO.






Para que o medo foi criado?

Para que houvesse um impulso em direção ao seu oposto: o Amor. O movimento da Vida é este: da ignorância ao Amor Consciente. E cada ser evoluirá dentro do plano de vida criado por um Plano maior que não sabemos. Entregar-se a isso é o que chamo viver sem saber. Quando relaxamos no mundo do não-saber começamos a chegar perto da Essência. O verdadeiro conhecimento não tem palavras – tem Amor. O verdadeiro conhecimento não está no futuro – está aqui, no seu coração. O verdadeiro conhecimento está dentro de todos nós. É uma chama que expande nossa maneira de ver a vida, e tudo pode ser sentido e visto como Graça. É por isso que todo sábio é relaxado. Ele não tem nada a procurar. O que há para procurar se tudo está aqui? Mas o que realmente procuramos? Um espaço de paz, silêncio e Amor.


Sambodh Naseeb

SABEDORIA


Sofrimento é uma fase passageira. Quando esta mente do homem fica sábia, ela deixa de sofrer. Sofrimento, de acordo com Mestre Buda, é ignorância de nossa própria luz. Sempre estamos sofrendo porque estamos ignorando as Leis da Vida. É por isso que se diz que viemos aqui para aprender. Aprender a viver como seres divinos que somos em nossa natureza original.

Naseeb

O PAI VIVE NO FILHO



É isso que Jesus quer dizer quando diz que devemos procurar a paz dentro de nós mesmos, ou o reino dos céus no meio de vós?






Exato. O reino de Deus está aqui/agora como consciência. Consciência é outro nome para Divindade, Vida Sagrada, Espírito, Reino de Deus, Graça, Amor, Paz, Sabedoria, Compaixão, Criatividade.

Consciência é tudo isso. E é o que nós somos em Essência exatamente aqui/agora. Jesus é nome. Cristo significa consciência crística – o divino que dá vida a Jesus. O que Jesus chamou de Pai. Pai é consciência pura. É a Fonte de tudo. Filho é você e eu como corpo/mente.

Mas note uma coisa: não há separação entre o pai e o filho. Assim como a onda e o oceano não tem separação em Essência, pois os dois são água, o pai e o filho são simplesmente ENERGIA DIVINA, só diferentes na forma e no nome. O Pai vive no Filho agora.

Naseeb

EGO - A FALSA IDENTIDADE



Como posso fazer para aumentar a minha consciência?

A idéia de que você precisa aumentar a consciência provém de uma consciência limitada chamada mente. E a mente “mente”. A mente - essa consciência do tamanho do corpo que nos dá um nome e uma forma - ,cria uma imagem de nós mesmos. Essa imagem de nós mesmos chamamos de Ego. Mas o Ego é uma noção pequena e isolada. E por isso mesmo a consciência de que somos o corpo nos mantem em uma noção de solidão e medo. Se somos o corpo, estamos separados dos outros corpos. Estamos separados de tudo. Nos sentimos solitários e incompletos. Mas veja: a noção de ser incompleto e de estar sempre faltando alguma coisa para nos preencher vem de um pensamento! A nossa identidade no mundo do pensamento é que somos um corpo e uma mente. Esta é a mentira.

Naseeb

A ESSÊNCIA DO QUE SOMOS AGORA



Então como fazer para ver a verdade?

Relaxando no único lugar que lhe dá paz: VOCÊ MESMO! E onde você mesmo mora? Em um pensamento? Claro que não. Pensamentos não permanecem. Eles aparecem e desaparecem em VOCÊ. E quem é você? Consciência. Você é Pura Percepção.

Nosso tamanho real não é o do corpo. Nosso tamanho real não é a medida de nossos pensamentos tampouco. Eu e nem você podemos nos medir pelos pensamentos. Nosso tamanho não tem medida e toda a medida é um pensamento. Portanto, não podemos aumentar a consciência, mas sim deixar de ser limitados pela mente, pelos pensamentos. Nenhum pensamento é mau. Apenas eles não são a verdade. Eles servem a um propósito objetivo no mundo tal como dirigir um carro, comer, trabalhar, organizar nossa vida no plano terreno. Nada mais além disso. Felicidade nada tem a ver com o pensamento e sim com a Essência do Que nós Somos Agora.






Naseeb

terça-feira, 24 de maio de 2011

WORKSHOP EM RIO PRETO


Nos dias 21 e 22 de maio, tive o prazer de ir a São José do Rio Preto/ SP, ministrar um grupo com Satsang e Meditação chamado "PAZ NA VIDA DIÁRIA".
Foram momentos emocionantes, de muita troca, amor, e celebração.
Estamos todos sedentos por mais vida, espontaneidade e consciência.
Foi realmente maravilhoso ver como podemos realmente criar um outro planeta quando nosso corações se unem em um só - onde podemos nos perceber como absolutamente a mesma Essência Pura.
Despertar para a Essência é possível a todos.
E naturalmente, este Despertar está acontecendo...

Sambodh Naseeb

WORKSHOP (2)


Quando centrada na Essência, a mente ajuda a nos manter no coração da Consciência Pura de Luz. Quando desconectados dela, a mente fica fazendo voltas dentro de si mesma, com pensamentos negativos e confusos sobre si mesma e sobre a vida. (Naseeb)

(Workshop em São José do Rio Preto - SP)

WORKSHOP (3)


Assumir a responsabilidade para poder escolher o Amor ao invés da dor é o começo da sabedoria. (Naseeb)

(workshop em São José do Rio Preto - SP)

WORKSHOP (4)




Meditação é uma ferramenta para aprendermos a relaxar na Consciência Pura de Amor que Somos. (Naseeb)


(WORKSHOP em São José do Rio Preto - SP)

WORKSHOP (5)


Portanto, a mente pode ajudar ou atrapalhar. Depende de onde nossa atenção está centrada. Se a atenção está apenas nos pensamentos, então a mente vive num mundo muito pequeno e limitado. Se a atenção começa a aprender a descansar na Consciência, no Silêncio, em Si Mesmo, na Essência de Luz que Você É, então, paz e pensamentos criativos começam a permear sua vida. (NASEEB)

(WORKSHOP em São José do Rio Preto - SP)

WORKSHOP (6)


Somos Consciência em Essência. Essa Consciência é a essência de tudo, e a natureza dela é puro espaço, ampla, ilimitada, infinita, sem forma, além do pensamento, Amor, Paz, Sabedoria, Compaixão, e fonte de tudo. O verdadeiro SI MESMO é a Consciência. O verdadeiro eu é Consciência de Amor. O falso eu chamamos de EGO. (Naseeb)

(workshop em São José do Rio Preto - SP)

quarta-feira, 18 de maio de 2011

MEDITAÇÃO NÃO É...






Meditação não é um anestésico. Meditação não é mentalização (práticas em que você imagina luzes, lugares bonitos, pensamentos elevados, etc). A meditação é uma prática para observar a mente. Observar como ela é. Meditação não é reprogramação. É simplesmente autoconhecimento. Puro e simples.

Ela não funciona como calmante. Nenhum caminho espiritual que se preze pode ser um calmante. Nós não precisamos de consolos. Precisamos de libertação. Consolos já temos demais na vida, pois tudo que se faz é para distração, entretenimento. Distrair-se para que? Para não olhar para si. Para não resolver as pendências. Para não ver a vida como ela é. Eis porque a indústria do entretenimento é a maior de todas hoje em dia. Ela existe quase como uma necessidade patológica. Sem ela o ser humano explode, enloquece completamente. Mas acaba sendo uma saída não muito inteligente, porque não resolve nada. É um adiamento, um consolo. É para distrair, é mais um circo, e sempre de curta duração...porque o sofrimento de uma vida vazia sempre volta...

A meditação nos faz conscientes do que é preciso curar em nós mesmos. Há pendências no passado. Há preocupações com o futuro. E aceitar isto é o primeiro passo.

SAMBODH NASEEB

AÇÃO OU RE-AÇÃO?


Quando começamos a meditar, muitas coisas acontecem. Uma delas é nos darmos conta de como criamos as armadilhas. Despertamos para o fato de que somos responsáveis pelo nosso sofrimento. E isso, para a maioria das pessoas é apavorante, pois não terão mais em quem descontar e pôr a culpa. Não, não é culpa de ninguém. Não, não é nem culpa nossa. É apenas ignorância natural. Faz parte do caminho. Pode ser vencida com responsabilidade. Pode ser ultrapassada com um caminho que nos abra os olhos para como estamos reagindo a cada evento que nos acontece.

Reação significa automatismo, falta de inteligência. Ação, bem ao contrário, condiz com a aptidão para estar aberto ao fato, disposto a olhar para o que está acontecendo, agir com inteligência ao momento. Isso é o que significa responsabilidade – a habilidade de responder ao momento. Estou reagindo com consciência ou estou reagindo com a mesma moeda? Vingança é inteligência ou simplesmente um instinto precário e embrutecido?

SAMBODH NASEEB

quinta-feira, 12 de maio de 2011

IDÉIAS CRIAM O VIVER



Tudo que me incomoda no mundo está em mim.

Onde reconheço isto? Na minha mente! São idéias sobre o mundo que me fazem sofrer.

Se o inimigo não está fora, ele é produto de meu falso ver.


Então é mais fácil: Não preciso mudar ninguém! (E tampouco, posso)


Não preciso mudar o mundo.

Mas, com certeza, rever que idéias sobre o mundo estão me fazendo sofrer.

Porque não sofro por causa de pessoas - mas das idéias que tenho sobre elas!

Porque não sofro por causa do passado ou futuro - mas das expectativas que tenho deles, que são nada mais que idéias!


É bom rever então, nossas ideías! Elas criam nosso viver!




Sambodh Naseeb

quarta-feira, 11 de maio de 2011



O propósito de vivermos neste mundo é acordar dele.

O mundo é uma escada.

Ninguém pode viver numa escada e ser feliz.





Naseeb

O PENSAMENTO É UM AMIGO



Todo pensamento é uma seta apontada para a VERDADE.

O pensamento vê você ou é você que vê o pensamento?

Se é você que vê o pensamento, que experiencia o pensamento, quem é você?


VOCÊ É A VERDADE QUE VOCÊ PROCURA!


Portanto, o pensamento é um amigo que está o tempo inteiro indicando que do outro lado está você!!


Então, não relaxe no pensamento, relaxe em VOCÊ!





Sambodh Naseeb

ONDE ESTÁ SEU FOCO DE ATENÇÃO?




Meditação não é se livrar dos pensamentos! Meditação é aprender a acolher tudo que vem a nós como oportunidades de crecimento, como oportunidades de aprofundar a beleza da vida e a relação desta beleza tudo que existe.


Podemos aprender a confrontar nossas mentes para descobrir se os pensamentos são reais ou imaginários, se é mentira ou verdade o que estão dizendo. Se forem mentira, serão descartados e vistos como histórias fantasiosas. Se forem verdade, tem de ser reconhecidos como um toque do seu ser interior para você mesmo, como algo que você precisa colocar em ação ou refletir. Portanto, todo pensamento é um amigo.




Sambodh Naseeb

SUPREMA QUIETUDE



Meditação de uma certa forma não é relaxamento.

É o desaparecimento daquele que relaxou.


Sambodh Naseeb

SILÊNCIO AGORA




Se eu não estou mesmo separado da vida como atesta os grandes mestres e a moderna física, então todos os pensamentos acontecem naturalmente, apesar de mim, e não "por" mim. Logo, a função do acordar é apenas "ver" profundamente e intuitivamente o que existe neste exato momento em silêncio e paz AQUI. Aceitar a vida não é uma questão de meu esforço. É um questão de entendimento de quem EU SOU.



Sambodh Naseeb

VIDA NATURAL



A vida natural é a Presença de você mesmo como "nenhuma imagem" - a ausência das projeções da mente e dos julgamentos de como as coisas "deveriam" ser e de como "você" deveria ser, agir ou pensar.


Sambodh Naseeb

O TEMPO NÃO EXISTE




Se você está na busca espiritual por um longo tempo, talvez a única coisa que realmente necessite é de Satsang: compreender o fim da busca pelo entendimento de que tudo que está no tempo é circular, e que o tempo não existe de verdade, segundo a moderna física. Se o tempo não existe, como o tempo pode te dar clareza?


Mas quando a mente ainda não está madura, Satsang se torna um conhecimento, uma informação emprestada, um conjunto de metafísica da alma, palavras em rede formando a ilusão de sabedoria, enquanto que a simplicidade da clareza fica adiada para outro momento.


Satsang é o entendimento, de coração a coração, das Leis da Vida.

Meditação e Purificação existe para que a verdade em Satsang possa ser ouvida diretamente pelo coração e gere transformação direta.



Sambodh Naseeb

segunda-feira, 9 de maio de 2011

MEDITAÇÃO, PURIFICAÇÃO, SATSANG




O que podemos fazer para viver mais em paz em um mundo tão difícil, tão cheio de guerras e violência, tão injusto, e que nos faz sentir tão sozinhos e impotentes diante de tamanha força negativa?


Um ponto chave para despertar a paz interior é saber profundamente que não estamos separados da Essência da Vida. Quando nos sentimos separados da Essência da Vida, desaparece nossa criatividade, nossa sabedoria, e nossa paz interior. O que é esta Essência? As tradições espirituais chamam de Deus. A verdade é que tudo que falamos, sentimos e fazemos pode estar ou não em sintonia com esta Essência.

As ondas estão separadas do mar? As nuvens estão separadas do céu? Pois da mesma forma não estamos separados da Essência da Vida. O que pode resgatar essa noção de unidade? Simples: aliar o conhecimento espiritual com a prática espiritual. O resultado é o viver integral e espontâneo.


Meditação, Purificação, e Satsang: o entendimento das Leis da Vida.


A Meditação pode ser explorada com as técnicas de Meditações Ativas e Passivas. A Purificação Emocional pode ser explorada com as novas e modernas terapias energéticas, tais como Renascimento, Regressão, Reiki, Deeksha, e muitas e muitas outras. E para o entendimento das "Leis da Vida” podemos freqüentar Satsangs onde se desperta a clareza de percebermos que não estamos separados da vida e nem de nada. Alguns precisam apenas de Meditação, sendo que outros precisam curar emoções conflitivas antes disso com um pouco de Purificação Emocional. Existem almas maduras que já relaxam apenas ao ouvir um Satsang, onde a comunhão se dá conexão por simplesmente escutar a sabedoria das Leis da Vida e o entendimento claro de que estamos vivendo em unidade. Viver em unidade é viver naturalmente.



Sambodh Naseeb

segunda-feira, 2 de maio de 2011

ADVAITA - ENSINAMENTO NÃO DUAL


Advaita – o ensinamento da não-dualidade.
Esta visão de sabedoria postula que existe apenas a Pura Potencialidade, Deus, o Absoluto.
Todo o cosmos se compreende dentro do Absoluto, e não possui realidade independente deste Absoluto, que, por conseguinte, é eternamente não-manifesto, uno, permanente e jamais sujeito a mudanças. Este ensinamento fala do mundo dando como o exemplo o sonho de um homem, que não existe separado deste homem que sonha. O mundo, a vida, as pessoas, fazem parte da criação sonhadora do Divino. Absoluto é silêncio divino. Paz profunda. Amor Infinito.
Isto quer dizer que o Absoluto é a essência de tudo e de todos os seres. Desse modo, quando procuramos o Eu verdadeiro pela autoinvestigação “Quem Sou Eu?”, revela-se, então, aquilo que é a origem do homem: o Absoluto, a Suprema Divindade, Deus.

SAMBODH NASEEB

domingo, 1 de maio de 2011

UM ATEU PODE MEDITAR


A meditação é um puro método científico. Na ciência você chama a isso de observação, observação dos objetos. Quando você se volta para dentro, é a mesma observação, mas dando uma volta de 180 graus e olhando para o interior. A isso chamamos de meditação. Não é preciso um deus, nem é preciso uma Bíblia. Você não precisa ter um sistema de crenças como pré-requisito.

Um ateu pode meditar como qualquer outra pessoa, porque a meditação é apenas um método para se voltar para dentro.

Você não acredita em Deus? Isso não é um obstáculo à meditação. Não acredita na alma? Isso também não é um obstáculo à meditação. Não acredita em coisa alguma? Isso também não é obstáculo. Você pode meditar, porque a meditação simplesmente diz como se voltar para dentro: não importa se ali existe ou não uma alma, se existe ou não um Deus.Uma coisa é certa: você existe. Quem é você? Entrar em si mesmo é meditação - entrar mais fundo em seu próprio ser. Talvez ele seja apenas momentâneo; talvez você não seja eterno; talvez a morte ponha um fim a tudo. Não impomos nenhuma condição na qual você deva acreditar. Dizemos apenas que tem de experimentar. Simplesmente tente. Um dia, acontece: os pensamentos não mais estão presentes. E subitamente, quando os pensamentos desaparecem, o corpo e você estão separados - porque os pensamentos são a ponte. Através deles você se une ao corpo; esse é o elo. De repente você desaparece - você está presente, o corpo está presente, e há um abismo infinito entre os dois. Então você sabe que o corpo morrerá, mas que você não pode morrer. Isso não é algo como dogma, não é um credo; é uma experiência - incontestável. Nesse dia, a morte desaparece; nesse dia, a dúvida desaparece, porque , agora, você não tem que estar sempre se defendendo. Ninguém pode destruí-lo, você é indestrutível. Aí surge a confiança, ela transborda. E confiar é estar em êxtase; confiar é estar em Deus; confiar é sentir-se preenchido. Por isso não digo para cultivar a confiança. Digo para experimentar a meditação "

SUA NATUREZA REAL




Como posso recuar de minhas emoções, desejos e agitações de modo que eu possa manter-me na Pura Consciência?

Você não pode manter-se na Pura Consciência porque ela é o que você é. O que ela é e o que é você é a luz em toda percepção. Todos os objetos, todas as percepções dependem da luz, sua natureza real. Não podem existir sem perceber a luz. Eu chamo sujeito final a esta luz em todas as percepções. Está claro que não tem nada a ver com o sujeito, o “eu”, o qual passa por nós mesmos na relação sujeito-objeto. A percepção existe apenas porque você, luz, Consciência, sujeito final, ou como o quiser nomear, é. A percepção aparece e desaparece em você.
Desta forma, seja completamente consciente da percepção. Veja que ela existe no tempo e no espaço, enquanto você é atemporal. Espaço e tempo não são senão energia em movimento. Quando nenhum sujeito volitivo interfere para cristalizá-la, a percepção toma forma e então se desfaz de volta ao silêncio, pois o silêncio é contínuo, enquanto a percepção é descontínua. Portanto acentua o que percebe, o sujeito, não o percebido, o objeto. Em um primeiro momento você experimenta a Consciência silenciosa e, depois, a dissolução da percepção, mas, mas tarde, você será o silêncio tanto na presença como na ausência de objetos.
Como uma folha de papel em branco não é afetada pelo que você escreve sobre ela, da mesma forma a Consciência impessoal não é afetada pelos três estados de vigília, sono e sonho. Estes três estados são sobreposições à Consciência Pura.


Nisargadatta Maharaj