domingo, 17 de fevereiro de 2019

RAM TZU





Você acredita que pode fazer uma diferença.

Você acredita que a sua dor é culpa sua.
Você acredita que pode fazer melhor.
Você acredita que é responsável.
Você acredita em todo o tipo de merda. 
Ram Tzu sabe isso:
Quando Deus quer que você faça algo,
você acredita que é a sua própria idéia.



(Wayne Liquorman)

OK




Só por agora diga OK a estritamente tudo que está acontecendo.
O que quer que aconteça sinta que tudo está OK.
Qualquer problema, um OK.
O OK destrona a sua mente.
A mente não pode viver no OK.
Todo OK é visto pela mente como sensação de falta de conflito,
que gera ansiedade.
Todo OK, destrói a ansiedade.
Por isso a mente jamais diz OK.
A mais poderosa meditação é simplesmente um Grande OK.
Sim, é assim mesmo. E agora?
Ok. Está tudo como deveria ser.
Vamos seguir.
Mesmo que não gostar, sinta que está OK o fato de ter de viver isto.
É uma grande experiência.
Fique aberto.
Sinta OK em ambas as polaridades da vida.
Na tristeza e na alegria, que seja tudo OK.



SAMBODH NASEEB

ILUMINAR






Andei lendo em alguns livros sobre os mestres iluminados. Mas o que é uma pessoa iluminada? O que podemos fazer para iluminar?


Em primeiro lugar poderíamos já dizer: não existe uma “pessoa iluminada. Iluminação nunca é pessoal. É a compreensão da luz que tudo é, e é a luz que existe em tudo. Tudo está dentro da iluminação. Iluminação é a Unidade da Vida. Iluminação é a ausência da separação ilusória entre nada. Não podemos falar em pessoa iluminada, porque uma pessoa iluminada é uma contradição, pois a palavra pessoa já indica não-iluminação, separação sujeito x objeto. Já que não há separação real entre os objetos, porque em essência, nem os objetos são reais, tudo é reconhecido como vacuidade. Esta é uma crença falsa, de que existe pessoas iluminadas. Estarei assim, separando pessoas, distinguindo pessoas iluminadas das que não são iluminadas. A física atual também mostra que não há objetos separados na realidade subatômica. Em verdade, e ainda mais incrível, não há nem objetos. Na visão da Não Dualidade contemporânea, lembramos sempre que: Tudo é consciência!”

Sambodh Naseeb 

O AUTOR DOS PENSAMENTOS



Paz acontece quando não há mais ninguém querendo que este momento seja diferente do que já é. A mente que está querendo achar respostas, as encontrará. Mas sempre respostas limitadas a um contexto específico. Padrões, esquemas, sistemas, teorias. Mudando o contexto, mudarão as respostas. E novamente a busca recomeça.
O coração consciente não tem respostas. Nem perguntas. Entregou-se ao que é. Amor é a dissolução do buscador. Meditação é o descobrimento que você não é. E que tudo que é vai num fluxo natural aparecendo para você neste momento. Descubra o que você não é. E fica claro o que é você.
É nesse ponto que fazer absolutamente nada começa a fazer sentido e pode criar uma intensa revolução. Fazer nada parece sem significado para qualquer pessoa, principalmente ao ocidental, que foi treinado a estar sempre ativo para ganhar dinheiro. E a mais notória razão disso é que o ego sobrevive pelo prazer de ser o autor de tudo, o prazer de fazer e se exibir, o grande agente orgulhoso, e fazedor de todas as ações. Quando tudo dá certo, o ego se orgulha. Quando tudo dá errado, sente-se culpado.
O ego (a crença de que sou o autor dos meus pensamentos) tem compulsão pelo fazer e pelo ter, devido a sua incapacidade de saborear o momento presente, a preciosidade da vida neste agora. É assim que ele tenta ser alguma coisa. É assim que tenta existir e ser reconhecido. Para sobreviver, o ego se entrega à compulsão por atividades. Pois o ego não é uma coisa, como um objeto. O ego é mais como um processo contínuo de identificação, uma crença de que somos sozinhos e apartados uns dos outros, de que para nos sentirmos plenos e completos, precisamos de ajuda externa, satisfazendo algum desejo que a mente ordena. 
Sambodh Naseeb

BRAHMAN




Aquele que procura dentro dele próprio, alcança o Autoconhecimento.

Tu que és o Conhecedor de Tudo, Tu és o próprio Brahman.

Não te agarres ao conceito que és o corpo. Pensa sempre que és o próprio Brahman.


Siddharameshwar Maharaj

NINGUÉM DENTRO


Se o ego é apenas vazio, como surge o sentimento de ser aquele que pensa?
Não há eu, mas há processos acontecendo. Não há alguém que faça escolhas, mas há escolhas acontecendo. Não há alguém que crie os pensamentos, mas há pensamentos acontecendo. Não há ninguém vivendo a vida, mas há Vida vivendo. O que não há realmente é a separação entre você e a vida. Este você, no acordar, não é mais visto como separado da vida natural. 
Você não existe. Tudo existe como sendo você!

Sambodh Naseeb


BRILHO


QUEM ÉS?


ONE


FLORES



Satsang é descansar nas flores.
A alma se encantando.
E flores vindo de dentro.

Sambodh Naseeb

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

A PRESENÇA




A palavra meditação é uma das mais mal compreendidas.  Imagina-se que seja um estado fora do comum, um estado religioso apenas atingido por práticas muito complicadas. Nada pode estar mais longe. No coração de cada instante pulsa a meditação. No âmago de cada respiração, de cada passo, de cada sorriso, ou de cada acordar de manhã.
Meditação é o coração da Presença. O que é a Presença? É o que está lendo essas palavras agora. É o que sabe que sua mente pensa. É o que sabe que você tem um corpo. Presença é você no mais essencial. Presença é a textura de toda a sua vida. A substância abençoada de cada vibração de ser.
O que é meditação? Um alinhamento com a Presença.
Mas porque não estamos alinhados? Por que não estamos conectados com a vida, com o amor, com a luz de cada instante? Por que estamos com tanto medo, tanta dor, tanta dúvida? Por que este alinhamento com a Presença parece tão raro?
Por que não aprendemos em nossa educação básica a sermos felizes? Por que não temos disciplina de iluminação espiritual? Por que ao invés disso temos que acreditar em um punhado de dogmas, crenças, escrituras, e repetir velhos mantras e orações que mal entendemos?
Iluminação espiritual não é para mestres. É para todos. Assim como todos tem direito a respirar, todos têm direito a sua própria luz interior. Mas parece que o interesse das pessoas que controlam a sociedade não é nos fazer feliz. Todos os programas de TV são para nos deixar com medo. Tudo parece indicar que a vida não foi feita para dar certo. Toda a educação que recebemos sugere a felicidade como uma dádiva a ser alcançada no futuro. Mas a verdade é: o futuro não existe. Só existe agora. O futuro é só um pensamento acontecendo agora. Portanto, fomos enganados.
A nossa educação foi limitada. Ela nos ensinou a ganhar o pão. Mas não nos ensinou a viver. Ela não nos ensinou a conhecer o mais belo que existe em cada um de nós. E, pelo contrário, desviou nossos olhos para outro lugar. Um lugar onde não existe possibilidade de felicidade. Um lugar que simplesmente não existe. E nós temos perdido o tempo inteiro o único lugar que existe, o único espaço onde habita um poder incrível de força e criatividade, de amor e sabedoria – o agora.
Presença é o seu direito, o meu direito, o direito de todos. Presença é o coração da vida. E o coração da Presença está exatamente aqui, agora, esperando repousemos um pouco nisso. Estar no Coração da Presença é descobrir o cerne mais profundo da vida. A poesia do instante é a canção que emana disso. Onde todo o espaço da existência cria a possibilidade de novas fontes, novos brilhos e novas canções.
Sambodh Naseeb