sexta-feira, 26 de agosto de 2011

SÓ AGORA


Preenchimento no futuro nunca é possível, porque o futuro, assim como o ego, é um produto do pensamento. O futuro não existe agora, a não ser no seu pensamento, na sua imaginação. E quando você estiver no futuro, o futuro será como agora. Nenhum homem viveu no futuro. A única possibilidade é viver agora. NÃO HÁ OUTRA POSSIBILIDADE, MAS HÁ A ILUSÃO. Ilusão é ser enfeitiçado pelo pensamento.

Naseeb

AGORA NU


Páre tudo exatamente agora. Páre de desejar o futuro, com suas expectativas, anseios, crenças, sonhos, sua imaginação e, conseqüentemente, o medo de que aquilo não vá acontecer. Páre de se envolver com o passado. PÁRE exatamente agora. Só por agora. Nada mais está sendo pedido. Stop Agora! Nesse ínfimo instante. Por meio segundo páre de querer qualquer coisa!

E veja! Veja! Veja!

Este vislumbre do Agora Nu chamamos Meditação.


Naseeb.


quinta-feira, 25 de agosto de 2011

POLITICA & AUTOCONHECIMENTO


Um Mestre verdadeiro quer um discípulo para que ele mesmo se torne um Mestre por conta própria. Mas comumente você mesmo não quer essa independência, você quer alguém para se apegar. Você quer estar agregado. Você quer alguém que seja muito autoritário, alguém que se sente num trono mais alto e lhe diga: “Não se preocupe, vou tomar conta de você. Esqueça-se de tudo sobre tudo. Estou aqui; tomarei conta. Você simplesmente venha e me siga.”. Mas se alguém for assim, lembre-se de que este é um sinal seguro – essa autoridade, esse tomar conta da responsabilidade das pessoas – este é um sinal seguro de que o próprio homem quer pessoas dependendo dele. Ele é dependente dos seus dependentes. Ele gosta disso. Ele ama a idéia de que tantas pessoas sejam dependentes dele. Ele mesmo é um dependente, lembre-se: ele não é diferente de você. Trata-se da mesma viagem pelo outro lado. Se todos o deixarem, ele sofrerá tanto quanto você sofreria. Às vezes, ele pode sofrer mais, porque seu investimento é maior. Se você deixar um homem como Ichazo, se todos os seus seguidores desaparecerem, ele pode ficar louco ou pode cometer suicídio. Ele ficará muito abalado, tremerá, não saberá o que aconteceu, perderá toda a sua autoconfiança. Ele ganha toda sua autoconfiança quando ele olha nos seus olhos e vê que você está olhando para ele e você sente que ele está certo, que ele é verdadeiro, que ele é um Mestre. Quando ele vê que você olha nos seus olhos, quando ele vê esse reflexo em seus olhos, ele sente confiança. Sim. É assim mesmo. Trata-se de uma ilusão mútua.

Minha abordagem é absolutamente não-política, desse modo, é absolutamente individual. E essa é a abordagem religiosa como tal. A religião permanecerá individual, nunca se tornará um fenômeno coletivo – não pode. A política sempre se tornará coletiva, jamais será individual.

OSHO

SEITAS


Osho,
Não irá mais uma vez desenvolver-se uma seita ao seu redor?


“Não, uma seita não irá se desenvolver. Ela não irá se desenvolver porque para isso existem alguns poucos pré-requisitos essenciais.
Um, é preciso um mestre, são necessárias as escrituras e as doutrinas, e também alguns adjetivos. E não apenas isto, é também necessário ter a insistência de que qualquer outra coisa que exista além disto, diferente disto, fora disto, está totalmente errado e somente isto está absolutamente certo.
Não, eu estou dizendo que chamo sannyasin a alguém que é sem qualquer adjetivo. E é difícil formar uma seita sem adjetivos. Uma seita não pode ser formada sem adjetivos. Eu estou chamando sannyasin a alguém que não pertence a religião alguma. Como você pode formar uma seita sem uma religião? Eu estou chamando sannyasin a alguém que não tem qualquer escritura religiosa, que não tem qualquer mestre religioso, que não tem templo, nem mosteiro, nem igreja, nem gurudwara (templo sikhi). Assim é difícil se formar uma seita.
Nós devemos nos esforçar para que nenhuma seita se forme, porque as seitas têm causado mais dano à religiosidade do que qualquer outra coisa. A irreligiosidade não tem feito tanto mal à religiosidade quanto as seitas.”

Osho, Krishna: The Man and His Philosophy, Número 22

O BARCO VAZIO


A virtude perfeita não produz nada, porque quando você é perfeitamente virtuoso, nada mais é necessário.
Então não há mais desejo, não há mais motivação. Como a perfeição pode se mover? Somente a imperfeição
se move. Somente ela deseja produzir algo. O artista perfeito nunca pinta um quadro, e um músico perfeito joga fora sua sítara.
Um arqueiro perfeito quebra seu arco e um homem perfeito é absolutamente inútil. Pois você só produz alguma coisa
porque você é imperfeito, pois você se sente incompleto.

OSHO

LIVRE ARBÍTRIO & DESTINO


Quando alguma coisa acontece, uma coisa que você tinha planejado,
Você chama isto de livre arbítrio
Quando alguma coisa que você não esperava acontece,
Você chama isto de destino
Simples assim....
Na Verdade, o que é, É!

Sri Ravi Shankar

terça-feira, 23 de agosto de 2011

TÉCNICAS DE OSHO


As pessoas estão tão sobrecarregadas por pressões dos moralismos e dos costumes ultrapassados e pelas ansiedades da vida moderna que tornou-se necessário passarem por um profundo processo de limpeza, antes que possam descobrir o relaxante e silencioso estado de meditação. Foi com esse enfoque que Osho desenvolveu suas singulares técnicas de meditação ativa. Com essas técnicas aliviamos o stress e as tensões, relaxamos o corpo-mente e entrarmos mais facilmente no estado de meditação.

As técnicas de meditação ativa compreendem estágios iniciais com atividades físicas que variam entre um chacoalhar, uma respiração, uma dança e terminam com 15 minutos de relaxamento e silêncio. O praticante experiencia um tremendo contraste entre a energia da vigorosa atividade física e a quietude e o silêncio.
Músicas foram especialmente compostas para orientar as principais técnicas de meditação criadas por Osho: Dinâmica, Kundalini, Nadabrahma, Nataraj, Mandala, Gourishankar, No Dimensions, Devavani, Prayer, Chakra Sounds, Chakra Breathing, Whirling e várias outras. As músicas não apenas dão um suporte energético e aprofundam a intensidade do processo, como também ajudam a guiar o meditador ao longo dos vários estágios de cada técnica. Essas músicas encontram-se gravadas em CDs.

OSHO BRASIL - http://www.oshobrasil.com.br/principal.htm


PRESENTE

Onipresença é onde estamos mergulhados.
O eu que chamamos eu é apenas o vazio criativo da vida tendo consciência de uma manifestação chamada organismo corpo/mente.
O eu real é vazio.
Neste vazio é onde falamos do espaço presente.
O presente não fica entre o passado e o futuro.
O tempo não existe. O presente não faz parte do tempo.
Vazio é atemporal.
E este vazio é a vivacidade do Ser.
Passado e futuro são pensamentos aparecendo no PRESENTE.

Naseeb

domingo, 21 de agosto de 2011

RAMANA


Consciência desprovida de conhecimento e não-conhecimento é o conhecimento verdadeiro. Que mais há para saber?

Outro método é meditar em "O que é o conhecimento?" O conhecimento verdadeiro é desprovido de qualquer objeto a ser conhecido. É sabedoria auto-luminescente e auto-consciente. Isto não é apenas um salto teorético mas uma revolução no âmago da consciência.

Ramana Maharshi

MAIS DE JNANA YOGA


Todas as atividades mentais estão enraizadas na noção-de-eu. A mente é os seus pensamentos. Saiba que o ego é a mente.

19. Meditando em "de onde vem este eu?" o ego desmorona-se. Isto é auto-questionamento.

20. Quando o ego é destruído, o puro eu, o coração, abre-se por si mesmo como a suprema plenitude de ser.

Estes três versos explicam a prática de auto-questionamento que envolve rastrear o pensamento "eu" até à sua origem no coração. Ao voltar de novo a mente e o ego ao coração, uma pessoa descobre o ser infinito como a sua real consciência. Este é o ensinamento mais característico de Ramana e o principal caminho de jnana yoga.

Ramana Maharshi

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

SATSANG É VIDA!


Satsang que dizer em sânscrito estar em companhia do divino. Em todo lugar onde a companhia do divino é oferecida em nome de uma palestra, de uma música, de uma reunião de pessoas, isto é Satsang. Satsang é compartilhar o amor que você É.
Compartilhar com palavras, com silêncio, com música, com trabalho sem apegos.

É compartilhar Deus, beleza, vida. Permitir-se ser um bambu oco, uma receptividade, um instrumento divino.

NASEEB

O NOME NÃO É A COISA


Quando digo que você é divino, não estou me referindo a um ser superior ou qualquer idéia de Deus. Estou apenas dizendo que somos uma presença.Você não pode negar sua existência. Você não pode dizer que não é. Se você negar sua existência, quem estará negando? E você não pode negar a si mesmo. Você pode negar seus pensamentos, sentimentos, sensações corporais, porque tudo isso aparece para você, e todos eles vem de uma experiência passada, da memória.

Mas você não pode negar aquilo que existe agora. E a única coisa que realmente É, é seu Ser. Este Ser é o que é a PRESENÇA. Você pode chamar de Deus, se quiser. Ou de amor. oU SIMPLESMENTE CONSCIÊNCIA.

O nome não é a coisa.

NASEEB

ONDE ESTÁ VOC

a identidade do ego é formada pelos outros. Se não existissem os outros, eu não poderia me imaginar como um sucesso ou um fracasso. Note como somos um pouco de todas as pessoas que conhecemos. A começar pelos seus pais, genética + educação. Seu corpo contém seus pais. Sua mente contém o que a cultura, as pessoas, o ambiente que foi criado, educação, tudo mais que foi vivido por você.

MAS QUEM É VOCÊ em essência? Quem é você sem estes rótulos? Quem é você aqui-agora?

Antes de pensar, antes de julgar de isso ou aquilo, quem é você?

Se não existisse ninguém para se comparar, quem é você?

Quem é você neste meio segundo?

Quem é você quando suspendes o passado e o futuro e nem pensa no agora?


NASEEB

O QUE SE É


Conheces alguma coisa que tu sejas que não possa ser destruída por ninguém, nem rebaixada ou desmerecida por ninguém?

É possível conhecer algo que não pode ser construído por ti, não pode ser criado por ti, não pode ser destruído por ti, e mesmo assim, seja o ALGO mais permanente de você que existe?

Se você se pergunta “QUEM SOU?” e responde alguma coisa como “Eu sou um cara legal” ou “Eu sou um idiota” ou “Eu sou brasileiro”, ou “Eu sou fulano de tal...” você acaba por limitar você a um rótulo específico. Mas quantos rótulos passam por sua cabeça ao longo de sua vida?

QUEM É VOCÊ não pode vir de seu passado, não pode vir de sua memória, senão você estaria falando do que você foi.

Saber quem é você é saber diretamente.

Todos nós nos conhecemos indiretamente através dos outros e raramente nos damos conta disso.

Você se conhece através dos outros.

Mas quem você é por você mesmo?

NASEEB

MOMENTO SAGRADO


A mente humana é um instrumento de perceber e pensar o mundo.
Mas como já se diz, se ela é SUA mente, você e a mente são duas coisas não é mesmo?

Se eu digo que este é o meu casaco, uma coisa é certa: uma coisa sou eu, e outra coisa é o casaco. O casaco é um objeto para mim. Eu sou um sujeito, porque penso o casaco, tenho consciência do casaco.

Eu e a mente.

A mente está comigo, mas não sou Eu.

A mente é meu instrumento de perceber o mundo. Mas ela pode me fazer ver o mundo que estiver programada para ela ver...Ou seja, a programação da minha mente é o que chamo de pensamentos. Ela é como um computador. Eu estou atrás. Se me perco no computador seria o mesmo que dizer que o programador se viciou nos programas, esquecendo de si mesmo. Pois a mente é um computador, e quanto mais envolvido você estiver com ela, mais programas do passado você repetirá, e ficará inconsciente do momento presente e das novas escolhas melhores que pode fazer para sua vida.

NASEEB

EXISTE DEUS?




Buda estava reunido com seus discípulos certa manhã, quando um homem se aproximou:
- Existe Deus? - perguntou.
- Existe - respondeu Buda.
Depois do almoço, aproximou-se outro homem.
- Existe Deus? - quis saber.
- Não, não existe - disse Buda.
No final da tarde, um terceiro homem fez a mesma pergunta:
- Existe Deus?
- Você terá que decidir - respondeu Buda.
Assim que o homem foi embora, um discípulo comentou, revoltado:
- Mestre, que absurdo! Como o Senhor dá respostas diferentes para a mesma pergunta?
- Porque são pessoas diferentes, e cada uma chegará a Deus por seu próprio caminho. O primeiro acreditará em minha palavra. O segundo fará tudo para provar que eu estou errado. E o terceiro só acredita naquilo que é capaz de escolher por si mesmo.

TUDO É FEITO DE PENSAMENTOS


Você pode sim pensar no passado e no futuro. Mas eles não existem, são apenas pensamentos. E mesmo que pense, onde você está para pensar? O eu existe ou é apenas um movimento do tempo e dos pensamentos? Ora, os espiritualistas dizem que você está no presente. Isso é redundante, porque VOCÊ nunca existiu no passado e nem no futuro. Podemos pensar neles, mas eles não são existenciais. Passado e futuro só existem como pensamentos na mente. Não é que fiquemos no presente...porque de fato é SEMPRE aonde estamos porque o real é sempre existente. Logo, temos de de estar no presente, porque não existe nenhum tempo para existir a não ser no presente, já que o passado e o futuro são apenas "pensamentos".

NASEEB

MENTE


Enquanto a mente não estiver em silêncio, problemas e mais problemas surgirão. Você resolverá um problema e outro virá em seguida. E você vai passar a vida resolvendo problemas. Nós nos tornamos “resolvedores” de problemas, não é mesmo?

Quando você descansa, seu corpo e sua mente estão maravilhosos no outro dia para trabalhar. O mesmo é com a mente. Quando você experimenta alguns minutos por dia de silêncio, você abre seu coração para novas perspectivas em sua vida.
A mente sadia precisa de silêncio e, assim, gera criatividade.
A mente neurótica precisa de barulho, decorrendo disso, stress, ansiedade e sofrimento.

NASEEB

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

VOCÊ ESTÁ PRONTO! AGORA EXPRESSE!


Assim, como o elétron se comporta ao mesmo tempo como onda e como partícula, assim a CONSCIÊNCIA se comporta como manifesta e não-manifesta, como mundo e como vazio, como dois lados de uma esma moeda que são, totalmente, inseparáveis um do outro.

No momento em que você nota que sua mente se interpõe entre você e sua realidade, no momento em que se medita e se percebe isso no dia-a-dia, então fica mais fácil. Você nota que há uma distorção. Então você opercebe que é responsável pela distorção. Mas não se sente culpado por isso, porque a distorção é fora do seu controle. Mas há uma coisa ao qual você pode escolher agora, no momento. E isto é simplesmente observar. Significa SER. E quando o Ser aparece, você como mente jah não é mais a mesma coisa. algo muda. Como figura e fundo da gestalt, vc percebe que a percepção de quem voce é dá uma nova dimensão ao que vc percebe. Hum?

Dizer que você não existe é tão limitante quanto dizer que você existe. Já aprendemos que é dizível e ao mesmo tempo indizível...ou seja, vc pode dizer que é indizível...este é seu limite...mas, só há na verdade um dizível negando a si mesmo...algo que é um espelho negando a si mesmo, algo que não existe negando a si mesmo, o que é uma bobagem por si só...rsss...

No momento em que você vê que tudo é um espelho da consciência ao contrário, a miragem é vista como miragem. A lua refletida no lago é vista como a lua refletida no lago. Não há mais confusão quanto a fato de a lua no lago ser um reflexo da lua no céu.

Há pessoas que se sentem confortáveis em simplesmente deixar tudo pra lá e
deixar Deus guiar suas vidas.
E há pessoas (o tipo ativo) que a idéia de um EU fazedor a torna mais
relaxada.
O primeiro é o tipo devoto.
O segundo é o tipo guerreiro.

Porque o Osho criou meditações ativas? Para o tipo guerreiro (que são muitos, porque aprendemos desde pequenos, e somos influenciados a cada dia com a crença de que somos quem FAZEMOS tudo, e que precisamos controlar tudo.
Mas o Osho sempre disse: a verdadeira meditação acontece na parte passiva das
minhas meditações, quando vc entrega e espera a vontade da vida se fazer.
Osho trabalhou com todos os tipos de pessoas.
É por isso que ele é tão confuso pra tanta gente. (Para a mente, ele sempre será confuso e desafiador. Para o coração, tudo fica claro, porque o coração contém o paradoxo e inclui os paradoxos....)

Portanto, tudo é necessário!Só é preciso um pouco de compreensão do processo...
E um pouco de compreensão te dará a noção exata de que tanto faz ser
iluminado ou não. Porque primeiro: iluminação não pode ser buscada. Segundo:
o ego que busca a iluminação é o único impedimento. Terceiro: Quem fica
iluminado ? Se não há pessoa separada, é óbvio que iluminação é só um
conceito dentro da ilusão. Aquele que se sente iluminado ou não iluminado está em
ilusão. Você está iluminado (este é o tal conceito útil) quando percebe que
como você está É a BÊNÇÃO. Não importa o que voce fizer, não importa o que você
sentir, não importa.

A grande sacada é que você está pronto! Expresse aquilo que a vida quer que
você expresse. Pinte, medite, crie, cante, faça amigos, fique em silêncio, faça o que ama, faça de coração. E saiba que você é a criatura e o criador. Portanto, quando você diz Deus, está se referindo a sua essência infinita.

A verdade É.


SAMBODH NASEEB


segunda-feira, 8 de agosto de 2011

OS VENTOS DO UNIVERSO


No caminho do jnani Yogue há uma meditação: Quem Sou Eu?
Ao sentar de olhos fechados, podemos fazer algumas respirações profundas.
Então, quando as sensações, sentimentos ou pensamentos vierem à consciência, simplesmente pergunte: Quem está observando isso?
A resposta automática da mente é dizer: Eu.
Então você pergunta: Mas quem sou Eu? O que é este eu?

Tudo que você está observando é objeto para o eu real.
Quem é o eu?

Assim, quando você percebe que há uma observação impessoal observando, você gentilmente fica nessa observação impessoal. Este silêncio que observa é o ponto do seu relaxar. Este silêncio não sofre, não muda, não oscila.

No caminho do Jnani Yogue não é preciso acreditar em Deus.
Deus é revelado pela prática assídua de simplesmente relaxar na consciência, porque Deus não é nada mais que você mesmo como essência consciente e divina.

Você não está separado do divino.
Onde não há mal nem bem, nem isso nem aquilo, nem forte nem fraco, VOCÊ está.
Todas as dualidades são imagens mentais e por isso, ilusões.
Você não tem imagem!
Você não tem nome!
Você não tem definição!

O mundo da paz está na liberdade de não se rotular.
As coisas acontecem, mas não há mais você se intrometendo nas coisas que acontecem.
E os ventos do universo sopram este barco de maneira precisa.

SAMBODH NASEEB

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

MEDITAÇÃO É...


1. Meditação não é para torná-lo feliz. Não do jeito comum. É quando você tentou todas as maneiras do mundo para ser feliz e se frustrou. É quando você desistiu de se apegar pela impossibilidade de tal.

2. Existe alguma maneira de se desapegar a não ser pela compreensão do jogo da vida?

3. A meditação é prática no início, é entrega no meio, e é Iluminação no final.

4. Meditação é retornar ao centro de paz. Onde fica este centro? Em você mesmo. Em seu coração amoroso. Várias vezes ao dia tem de se lembrar de que está sendo guiado pela vida...

5. Meditação é a arte de desaparecer como ego e derretar como algo não-separado da vida.

6. Meditação é viver uma vida honesta para si mesmo. O que está querendo para si mesmo? O que lhe atrai? O que você ama? Seja um co-criador e permita com que a vida lhe ajuda neste provesso de criar.

7. Meditação é desapego ao que eu “penso” que sou. É clareza ao que Sou em verdade em todos os momento e uma devoção, um amor a isso.

8. Meditação é aprender a celebrar a vida sem ensaios.

9. Meditação é arriscar experienciar a fugir e calar.

10. Meditação é um envolvimento com a vida e com o momento presente, de tal modo que sua expressão vital, sua amorosidade, sua criatividade, sua inocência, sua consciência estã voltados para ESTE único momento. Por isso é bom.


SAMBODH NASEEB

SABOR DE SATSANG


Isto é verdade se realmente existe 'alguém' que fará uso desta compreensão. Mas se você realmente investigar, este 'alguém', a 'pessoa', o indivíduo, não será encontrado ! Tudo é apenas consciência – o 'você', o 'eu', o falar, o escutar, satsang, todos aqui, tudo - tudo consciência; esta é a maravilhosa descoberta ! A Consciência conversando com a consciência sobre consciência através da consciência. Quão simples ! No entanto quão inexplicável quando buscado através da mente-ego.

MOOJI

terça-feira, 2 de agosto de 2011

VIRTUAL


A mente nos prega peças.
Parece que existe um passado e um futuro.
Mas nós só vivemos no presente, sempre e sempre.
A mente é um mundo VIRTUAL.
Estale os dedos e note que aqui-agora é seu centro.
A partir desse centro,
mova-se pelo mundo criativamente.

Abandone o passado a cada dia.
Seja grato pelo passado, mas não se apegue a ele.
O AGORA é a fonte de seu poder criativo.

SAMBODH NASEEB

IMORTALIDADE


Ora, você não pode experienciar morte. Quem vai experienciar? Veja, dependendo de sua crença, duas coisas podem acontecer. Uma: se você é apenas o corpo, quando você morre, você morre, o eu morre. Então, QUEM vai experienciar a morte? Ninguém, porque você morre. Você pode experienciar o fim da vida, talvez um sofrimento ou dor, mas tudo isso é antes da morte. Certo?

Mas, se você acredita que há algo além do corpo, então como você vai experienciar morte se você nota que não morreu? Entende? Se você permanece após a morte do corpo, novamente, você não experiencia morte. Você nunca experimenta morte. Morte é só uma idéia que temos porque vemos os outros corpos a nossa volta desaparecendo.

SAMBODH NASEEB

A IMPORTÂNCIA DA PRÁTICA ESPIRITUAL


Veja que mais uma vez, meu mestre nos lembra da importância de dedicarmos um período de nosso tempo para a prática espiritual. Para estarmos em comunhão com Deus (com a fonte de amor e verdade), todo o tempo precisamos começar a instalar em nosso sistema, o bom hábito da prática espiritual. Temos falado de uma hora de japa e uma hora de meditação por dia. Além dos estudos das escrituras sagradas que lhe cabe neste momento da sua jornada. O mantra para o japa, o tipo de meditação e os textos sagrados são determinados pelo Guru diretamente ou indiretamente, através de seus representantes nos grupos de desenvolvimento. Como neste momento, nem sempre é possível a comunicação direta com o Mestre para sanar as dúvidas, firme-se Nele internamente e peça a orientação, que você receberá a guiança.

PREM BABA