segunda-feira, 30 de abril de 2018

O JOGO DA VIDA



Quando compartilho a visão da unidade, o não-dualismo ou no ensinamento advaita, há um apontamento que julgo muito importante: o conceito de que o universo e toda a sua multiplicidade são, em definitivo e em última instância, expressões multidimensionais de uma única realidade. A mente tem a função de analisar e rotular todos os pensamentos. Dividimos, arbitrariamente, o momento sagrado (o Agora), em passado, presente e futuro. O resultado disso é separar aquilo que em essência não tem divisão: a Realidade. Dividimos a realidade em sujeito que pensa e objetos pensados, entre o ego-eu-pessoa-pensamento e o mundo.
Essa divisão é o começo da falsa estrutura (ego) que separa tudo, e que julga ter o poder de guiar a própria vida. E no entanto, é regido por emoções, sentimentos e pensamentos muito mais fortes que qualquer tipo de controle do ego.
No estruturamento do ego, separa-se internamente, na psiquê, o que não é repartido. Separa-se a vida de nós mesmos (em sua mente). O jogo começa assim: algo deve acontecer: identificação e limitação. O jogo da vida acontece dentro da consciência, dura um tempo, e desaparece. Porém, nada acontece à consciência. A consciência é todas essas formas evoluindo e involuindo. Por isso, em realidade, nada se perde, pois tudo é a consciência em todos os momentos. Tudo está acontecendo dentro do campo consciente que você é, em múltiplas dimensões do que eu sou. Não é preciso nada para ser isto. Você já é. Agora, ponha atenção nisso. Você é aquilo que contém tudo isso. Não algo particular. Mas universal.
 Geralmente nos envolvemos com uma onda em particular, mas podemos nos dar conta de que a nossa essência é sempre o mesmo oceano. A visão da unidade ou o não-dualismo indica sua seta sempre para a unidade, a essência que permeia o oceano e as ondas, e não para as qualidades individuais de cada onda (que são imaginadas apenas pela mente). Neste ensinamento, aprendemos a nos reconhecer como espaço consciente. Note isso. Já é agora. Antes da próxima respiração. Já é.

Sambodh Naseeb


segunda-feira, 16 de abril de 2018

SAGRADO MOMENTO AGORA




Neste momento, o Agora é este espaço que contém o corpo, a mente, o tempo, sua vida, o mundo e tudo o mais. Toda a criação está surgindo, Agora. Todo pensamento está acontecendo exatamente, Agora. Eu penso no passado, Agora. Eu penso no futuro, Agora. Tudo acontece sempre, Agora. Mas eu não aconteço agora, porque eu sou o Agora. Você é o Agora. Só o Agora realmente existe. O Agora é consciência divina. Consciência é este Agora atemporal. Eu sou a substância feita do Agora. Você é sempre ISTO. Agora. Isto que está consciente do Agora, o que é? Sente com isso.

Sambodh Naseeb

quarta-feira, 11 de abril de 2018

SER




Você tem um pensamento, 
   mas você não É um pensamento!

Sambodh Naseeb

UNO




Somos canais por onde esta energia universal se expressa. Quando somos brindados pela graça divina, aceitamos que cada palavra, cada ato, cada emoção, interpretada pela mente como boa ou ruim, é simplesmente a Totalidade da vida expressando a Si mesma.


Sambodh Naseeb