segunda-feira, 28 de junho de 2010

RELAXAR NO CORAÇÃO


Sempre deixe esta frase ressoar dentro: "Relaxo no meu coração".
O que é isto? O que simboliza o coração? O coração é o seu Ser Essencial, essência de tudo que há na vida, de toda a criação. O coração é o mesmo que falar CONSCIÊNCIA, DEUS, INTELIGÊNCIA PRIMORDIAL.
Relaxe no seu coração.
É uma linguagem simples entendida por pessoas simples. Na verdade, nem é a pessoa que compreende, mas algo dentro da pessoa ressoa com esta frase e há uma sintonia. Relaxar no coração é também o que podemos chamar de meditação. É abandonar o passado, e simplesmente despertar para o presente sagrado disponível. Relaxar no coração é sempre possível AGORA. Não é preciso nenhuma preparação.
Relaxar no coração é a preparação para o amor.
Porque amor também é a aceitação plena do momento como ele é.
Então, deixe seu coração ser grande, enorme, para que tudo ali caiba, e você sinta que seu espaço de vida acomoda todas as coisas, e que não há nada a melhorar ou modificar.

Naseeb

O AMOR E A MEDITAÇÃO

Relacionamentos fazem parte do plano sagrado de reconhecimento do Ser.
Quando você ama alguém, abre-se uma oportunidade.
É o momento em que o amor convida você a enxergar a vida através do outro.
É quando somos pegos pela mão para ver um outro ponto de vista além do nosso.
O amor humano é uma oportunidade de crescer em maturidade e consciência.
É quando o centro egóico derrete e você pode sentir leveza e derretimento.
O amor provoca esta alegria porque viver sem ego é uma alegria.
É uma pena que a mente logo tome conta do amor, e então os velhos jogos de ciúme, posse, competição e violência roubam o espaço livre do amor.
Sem este espaço livre, o amor sucumbe.
Sem a vigilância da visão clara, o amor perde seu espaço.
E quando pensamentos de "medo de perder o amor" começam a ocorrer, este espaço livre e sagrado de preenchimento é ocupado por medo e carência.
É nesse momento que o amor desaparece novamente.

Para crescer no amor, precisamos de muita consciência e vigilância.
Conhecer a Si mesmo é básico para se compreender o amor.
Porque essencialmente o amor é a essência de nosso Ser.
Procuramos o amor porque procuramos quem somos, porque estamos aqui como peregrinos em busca da terra prometida.
O amor é este tesouro.


Naseeb

domingo, 27 de junho de 2010

NO DIVISIONS


Tarefas podem ser cumpridas...
Amores podem se relacionar...
Trabalhos podem ser feitos...
Enquanto você permanece o mesmo...desfrutando da beleza imutável que você é
além da forma...
A compreensão não-dual jamais nega a forma, os compromissos, o material, a relação energética dos corpos.
Ela apenas traz a transparência de como tudo isso funciona.
Para que tudo isso funcione de modo leve e desapegado.
O amor está além da forma...
E também está na forma como expressões passageiras da consciência sem forma...
Porque tudo que vem da não/forma também não tem forma em essência...
Tudo é consciência...o que aparece...e o que não aparece...
Em tempo: a divisão entre o que aparece e o que não aparece é projeto da mente.
Sem mente, divisões viram fumaça.


Naseeb

sábado, 26 de junho de 2010

O EGO


O ego é o fenômeno mais mal entendido de todos.
Afinal, o que chamamos de ego?
Um bom entendimento é quando nos damos conta de que o ego é um aparecimento, e não algo fixo em nós.
E quando ele aparece?
Quando você se identifica com um pensamento/desejo.

Você não possui ego quando está olhando o mar azul ou maravilhado com a sensação de leveza em uma praia paradisíaca, ou quando está amando, ou quando está em paz olhando os pássaros no céu, ou mesmo quando está compondo uma música ou pintando um quadro. O ego simplesmente não aparece nesses momentos. Há apenas a experiência direta! Há apenas o momento presente. Há apenas ISTO!
Se você não está hipnotizado em nenhum pensamento ou desejo, não há ego!
Há simplesmente a presença de você mesmo!
Que em verdade é a presença de tudo ao mesmo tempo como EXPERIÊNCIA DIRETA.

Sambodh Naseeb

quinta-feira, 24 de junho de 2010

ALÉM DO OBSERVADOR


O observador não É algo separado.
Por isso melhor seria chamar OBSERVAÇÃO.
Consciência existe em todos os estados.
Por isso é a mais pura liberdade identificar-se com consciência.
Afinal, estados são transitórios!
Consciência é imutável enquanto os fenômenos vão e vem.
Não dualidade é perceber você puro em todos os estados.
Este você puro não é um corpo, não é um estado, não é alguma coisa.

Naseeb

quarta-feira, 23 de junho de 2010

CELEBRAÇÃO


Você observa um pensamento.
De um outro modo, dizemos: O observador observa um pensamento.
Agora, o que é este observador, você já reparou?
Páre e veja.
Nenhuma resposta verbal faz sentido.
Páre e olhe.

Se este observador tiver uma forma, um nome, uma referência qualquer, então novamente veja que há um observador observando o nome, a referência, a forma que foi pensada. Qualquer que seja a coisa que você observa, há sempre um observador por trás!!!

O observador é NO-THING (nada). O observador é nenhuma coisa!

Interessante: O que é observado é também nada, mas um nada que momentaneamente toma formas, nomes, e referências, aparentando existir num tempo que não existe! (Pensamentos surgindo e desaparecendo na consciência que você é).

O único tempo sem tempo que existe é o Agora.
Identifique-se com este agora sem nome, referência ou forma.
E assim, desfrute da forma, do nome e da referência.

Celebração desapegada é o nome da definitiva sabedoria!


Sambodh Naseeb

EXPRESSÕES DINÂMICAS DE VOCÊ


Não há nada a fazer com os pensamentos!
Nem fugir, nem seguir, nem trocá-los por bons pensamentos!
Há que serem vistos como pensamentos - eis ponto chave.
Ou seja: expressões dinâmicas e vivas da consciência pura que você é.

Sambodh Naseeb

QUEM VOCÊ REALMENTE É


Confirmemos nossa posição como consciência.
Nossos pensamentos são apenas pensamentos.
Se são positivos, negativos ou neutros, são apenas pensamentos.
Quando nos firmamos como consciência, a solidez dos pensamentos toma um aspecto líquido, e em seguida gasoso - ou seja, deixa de tocar você, porque há clareza de que aquilo que está percebendo os pensamentos não é sólido tampouco.

Nosso ser imutável é percebido como imutável e inatingível por nenhum pensamento.
(Afinal, como pode o céu ser atingido por algo? E igualmente como poderá algo ser feito de céu, também ser atingido por algo? Pensamentos são feitos de consciência...e consciência não tem solidez...logo...pensamentos são tão espaciais e voláteis como a própria consciência...)

Faça a pergunta: Quem sou eu?
Entre pra dentro.
Perceba-se como pura percepção vazia de conteúdo.
Note todas as percepções como fenômenos passageiros na consciência.
E reconheça a natureza imutável e eterna que você é.
Nada mais é preciso.
Tudo o mais acontece naturalmente.
Em tempo: Reconheça Quem Você Realmente É.

Sambodh Naseeb


segunda-feira, 21 de junho de 2010

NADA TOCA VOCÊ




A consciência é o que você é.
Ela é como um espelho.
Tudo que aparece na frente do espelho reflete-se no espelho.
Mas nada acontece ao espelho!
Enfim, nada acontece a você de verdade!
Nada acontece!
A consciência permanece pura como o espelho.
Coisas aparecem e desaparecem.
Pensamentos surgem e se vão.
Mas você permanece intocado.

Naseeb

sábado, 19 de junho de 2010

PRÁTICA DA CONSCIÊNCIA PURA


Troque seu hábito de mudar ou tentar manipular seus pensamentos, para simplesmente aprender a conhecer a consciência que você É, familiarizar-se com ela, e ancorar na sua Presença.
Este é o caminho para a completa mestria. É um direito divino de cada um de nós.
SER realmente você mesmo é conhecer-se como consciência pura livre de pensamentos. A partir desse dia, os pensamentos que aparecem não mais são vistos como perturbadores do seu espaço puro de consciência. Então você é o próprio céu que não se incomoda com os pássaros voando no seu espaço. Consciência é espacial. E isto é o que você é.

Naseeb

COMO PERCEBER A CONSCIÊNCIA QUE SOU?


Como posso perceber a consciência? Muito é falado em ancorar na consciência. mas como posso fazer isso se nem consigo percebê-la? O que é a consciência?

Muito simples! Páre de pensar por 1 segundo. Olhe fixamente para estas palavras agora. Mas não pense sobre elas. Ou olhe para uma paisagem, e não pense. Apenas 1 ou 2 segundos. Bem, quando não há pensamentos você está pronto para se dar conta desta vivacidade, desta inteligência, deste momento presente que se abre para você agora. Isto é consciência. A consciência é o que está acontecendo o tempo inteiro, quando você tem ou quando você não tem pensamentos. Mas no início, será mais fácil percebê-la quando você pára de pensar por 2 segundos. Consciência é sua verdadeira inteligência. Todo o ponto deste ensinamento é perceber que você está envolvido pela consciência em todos os momentos. Desfoque os pensamentos. E veja o que está sempre aqui. Então, sempre que lembrarmos, nós podemos simplesmente ancorar nesta presença. Ancorar significa desfocar os pensamentos. Eles continuam lá, mas perdem a força e intensidade de comando. Você é consciência.

Naseeb


sexta-feira, 18 de junho de 2010

OPINIÃO INDIVIDUAL??


A consciência inclui todos os pontos de vista.
A mente seleciona alguns pontos de vista que aquele corpo percebeu.
Que é você?

Mas não pense que você precisa apagar suas opiniões.
Apenas saiba: são apenas opiniões. Pontos passageiros.
Não leve tanto a sério opiniões.

Mas lembre-se: você tem uma opinião?
Como a consciência pura pode conter uma opinião?
E ao mesmo tempo ela contém todas as opiniões.

Portanto, uma opinião individual é algo como uma miragem no deserto...


Sambodh Naseeb

ANCORAR NA CONSCIÊNCIA













A consciência é pura em sua origem. Os pensamentos são conteúdos que aparecem mais tarde. Aparecem e desaparecem em consciência. Quando aprendemos a nos familiarizar com aquilo que na verdade somos, essa consciência pura aberta que percebe, então uma estabilidade diferente começa a nascer. Algo interno começa a brotar. É o nascimento da sua percepção como consciência. Aí, quando você acorda e diz: "Como estou me sentindo bem hoje", você percebe que a consciência está percebendo esta frase. Ou quando você diz: "Hoje acordei mal...", da mesma forma você não mais acredita no que sua mente diz, e permanece ancorado como consciência silenciosa. Importante lembrar que esta consciência é pura com ou sem pensamentos. Você não precisa expulsar os pensamentos para se sentir em paz. Mas sim ancorar naquilo que você é e não validar um pensamento como algo independente da consciência. Ora, se nasceu um pensamento, ele nasceu da consciência. Ele não é independente de você. Mas ele não é você! Assim como o bracelete de ouro é uma forma do ouro, o pensamento é uma forma dinâmica da consciência. Quando um pensamento assume identidade separada, cria a ilusão de que ele tem poder SOBRE VOCÊ, mas na verdade, o pensamento é só uma energia vibratória da consciência. Nasceu e irá desaparecer quando não assistido, quando não validado.
Por isso, é este o segredo dos iluminados, SEJA CONSCIÊNCIA.
Não lute. Descubra quem você É.
E repouse nisso. Aí consciste o poder de amor do ser humano.

Naseeb

quinta-feira, 17 de junho de 2010

DIÁLOGO






Estou ao mesmo tempo sentindo um silêncio dentro de mim e palavras na mente. Ao mesmo tempo. É uma experiência diferente. Eu achei que não era possível a paz acontecer junto com os pensamentos.

Mas é totalmente possível. Quando as nuvens aparecem no céu, o céu desaparece?

Não.

O céu é o que você É. Nuvens são ornamentos no céu – nuvens são como pensamentos. Se você se concebe como o céu, as nuvens não farão problema para você. Mas se você se confunde, então dirá que não pode ficar em paz quando passar uma nuvem preta.


Sambodh Naseeb

CONSCIÊNCIA SILENCIOSA



Agora, neste segundo, neste divino instante, não podemos saltar por sobre essas palavras todas e vislumbrar aqui um estado de silêncio apenas por não valorizar as palavras como antes, mas darmos mais atenção ao silêncio dessa Consciência sem conteúdo que observa? Não podemos fazer isto? Eu posso, por que você não poderia? Sim, talvez tenha que se acostumar com o fato. Mas o fato é um fato! Por trás de todas as palavras que estou proferindo há uma Consciência Silenciosa. Inclusive há um intervalo entre as palavras. Neste intervalo, só esta Consciência Silenciosa está. E, neste silêncio, pode haver algum conflito? Estou me fazendo claro?

Naseeb

ONDE ESTÁ O FOCO?


Você muda constantemente o que pensa sobre si mesmo, não é verdade? E a mesma coisa você faz com as pessoas. Você muda o conceito que tem das pessoas que conhece, não? Às vezes, seu melhor amigo parece um idiota. E o seu maior amor perde completamente o encanto. Não é assim que acontece? Nós imaginamos que, através do pensar, poderemos ter mais segurança. Ou seja, que sabendo o que a gente é, definindo o que a gente é através das palavras, poderemos viver melhor. Eu quero pensar em mim mesmo como alguém muito interessante. Quero ser uma pessoa perfeita. Quero ser uma pessoa que não oscila, não muda, que não passa por negatividades. Preciso manter um certo comportamento estável. Ora, tenho conseguido isso? Você tem conseguido isso? Então, o que basicamente está errado? Ora, estamos nos definindo por pensamentos. Estamos acreditando que podemos nos definir através de conceitos mentais. Pensemos juntos: Isso é possível?

Naseeb

domingo, 13 de junho de 2010

O ÚNICO EU: CONSCIÊNCIA


Quando notamos que tudo que aparece para a Consciência também surge da própria Consciência, então fazemos exatamente como céu faz quando pássaros e aviões passam por ele. Ou seja: o céu não faz! O céu simplesmente continue sendo o céu.
Permaneçamos como Consciência Pura.
Pensamentos, sentimentos, emoções, sensações, percepções, passeiam no céu da Consciência.
E o que Somos é esta Consciência.
Nada está separado desta Consciência!
Nenhum pensamento é independente da Consciência!
Originalmente a Consciência é tudo que há, e definitivamente a Consciência é o início, o meio, e o fim de qualquer fenômeno passageiro.
Você é Consciência.
O único EU existente é CONSCIÊNCIA.
Assim, há que existir um só EU: Consciência.

Sambodh Naseeb



sexta-feira, 11 de junho de 2010

A PURA CLAREZA


O que há de mais extraordinário neste ensinamento? Sua simplicidade. O ensinamento é tão simples, mas tão simples, que nossas mentes, acostumadas ao complexo, rejeitam ou não percebem. Existe maior simplicidade em simplesmente repousar na consciência pura de cada momento? Ao invés de se envolver no feitiço dos pensamentos, escolhemos simplesmente permanecer quietos como consciência. Apenas este momento. Optamos agora pela Pura Clareza. Pura realidade instantânea. Quando começamos a optar por relaxar na simples atenção do momento, atenção não-envolvida em histórias emocionais, começamos aos poucos a compreender a extraordinária mudança que acontece em nossas vidas.

Sambodh Naseeb

quarta-feira, 9 de junho de 2010

RECONHECENDO A CONSCIÊNCIA QUE SOMOS



Qual a diferença entre a Mente e a Consciência?
A mesma entre o ar e a brisa.
A mente (vibrações emocionais e mentais) é simplesmente consciência em movimento, assim como a brisa é ar em movimento.

Seja Consciência.
Ser Consciência não exige nada de nós, senão um reconhecimento, um insight, uma visão interior.
Uma mudança de ponto de vista, dos objetos para o sujeito Eu, o sujeito vazio-eu que observa os objetos (pensamentos, sentimentos, sensações, objetos externos).
Como reconhecer?
Inicialmente fazemos o básico: sentamos de olhos fechados e nos perguntamos: "Que sou eu que estou ciente desses pensamentos que estão agora em mim?"
Consciência é aquilo que vê, que observa, que está ciente dos pensamentos.
Seja Consciência - é isto que os sábios nos apontam.
E já que a Consciência não é nenhum ponto de vista, nela, não há conflito.
Nela, não há dualidade.
Nela, não há eu e o outro.
Nela habita compaixão, inteligência, amor, liberdade, serenidade.

Sambodh Naseeb

CONSCIÊNCIA DE PAZ





Quando podemos reconhecer nossos pontos de vista como simplesmente pássaros voando pelo céu da Consciência que na Verdade Somos Agora, então firmamos um compromisso: Podemos escolher seguir um envolvimento com os pontos de vista e opiniões de nossas mentes, ou simplesmente ancorar e relaxar na Consciência Pura de Paz que observa o movimento dos pensamentos ou sentimentos.

Naseeb.