quinta-feira, 14 de maio de 2015

INTELIGENCIA AMOROSA



Uma vez escrevi: "Tem uma vida que se vive, e tem uma vida que se pensa". No Agora, no experienciar, nao há experienciador. É por isso que na visao iluminada o sofredor desaparece. Mas até isso nao é verdade. O sofredor nunca existiu no Agora, no experienciar - isso só é entao desvelado. O sofredor é um pensamento, um conceito que chega pelo pensamento, para rotular o experienciar de "experiencia". A "experiencia" é um pensamento. É a fotografia do verbo chamado VIDA. O experienciar-agora é o que podemos chamar VIDA. Essa profunda visao da realidade nos faz ver que a VIDA nao é algo pessoal (a nao ser do ponto de vista do pensamento), mas um movimento da energia sem nenhuma ideia nela. Todas as ideias sao pessoais. O amor nao é pessoal. O amor é a expressao da VIDA nela mesma. Amor é o derretimento do buscador, do julgador, do sofredor (sofrimento psicológico). A sua expressao mais pura e mais clara é amor. Ela só é encoberta pela falta de clareza. Por isso, verdadeira lucidez ou sabedoria é sempre a combinaçao de Inteligencia + Amor.

Nenhum comentário: