sexta-feira, 6 de abril de 2012

MENTE DE PRINCIPIANTE


Tinha um mestre zen chamado Shunryu Suzuki que dizia que devemos sempre manter a mente como a mente de um principiante, sempre começando. Porque ele dizia isso? Nós temos a inclinação para fazer graduações: superior, inferior, eu sei, aquele não sabe, iniciantes, avançados... Na vida real não acontece bem assim. Já vi estudantes de meditação que no primeiro dia tinham uma maturidade maior que alguns que estavam aqui há anos. O grande problema de meditadores antigos é que eles ficam o tempo inteiro avaliando a si mesmos, e cobrando da existência algo que ela não pode lhes dar. Fazem isso porque esquecem da “mente de principiante”. Se você mantém uma mente de principiante, pode sentar em meditação sem idéia de ganho. Mas se você fica o tempo inteiro dizendo para si mesmo que já está no caminho há um certo número de anos, que você já passou por certos “estágios”, então, você perde a simplicidade que mora neste momento.

Natta Naseeb

Nenhum comentário: