quarta-feira, 22 de maio de 2013

VIDA E MORTE


Vida e morte não são dois fenômenos separados; são os dois lados de uma mesma
moeda, são dois aspectos de uma mesma moeda. Se você penetrar profundamente verá
que a morte é vida e que a vida é morte. No momento em que você nasce, começa a
morrer. E sendo assim, quando você morre começa a viver novamente. Se a morte está
implícita na vida, então a vida também está implícita na morte. Uma pertence à outra, são
complementares.
A vida e a morte são como duas asas ou duas pernas: não se pode andar só com a
perna direita ou só com a esquerda. Na vida, não se pode ser direitista ou esquerdista, é
preciso ser ambos ao mesmo tempo. Com uma doutrina pode-se ser direitista ou
esquerdista. A doutrina nunca é verdadeira para com a vida e não pode ser, porque a
doutrina da necessidade precisa ser limpa, nítida e clara, e a vida não é assim — a vida é
vasta.

OSHO

Nenhum comentário: