segunda-feira, 13 de março de 2017

A VISÃO DA UNIDADE





A essência da Visão da Unidade ou ensinamento não dualista perpassa todas as grandes tradições espirituais da humanidade, conversando intimamente, nos tempos atuais, com os novos estudos da física quântica e da ciência da consciência, iniciada pelos físicos Max Planck, Einstein, Niels Bohr, Erwin Schrodinger, Heisenberg, Wolfgang Pauli, e outros.
Esta é uma das chaves douradas nos ensinamentos dos grandes sábios. A base dessa visão foi sempre reconhecida por místicos de inúmeras vertentes espirituais: na visão indiana do Advaita Vedanta de Shankara; em Plotino no Misticismo Cristão; na Kabalahh judaica; no Budismo indiano e tibetano e japonês; no Taoísmo chinês com os sábios Lieh Tzu, Chuang Tzu e Lao Tzu... Há paralelos aproximados na filosofia ocidental, em Sócrates, Plotino, Pythagoras, Heráclito, Plotino, Leibniz, Espinoza, David Hume, Ludwig Wittgenstein, Richard Rorty. Mas, com certeza, foram os orientais que sempre criaram um corpo detalhado de ensinamentos, que harmonizam as leis da manifestação.

Sambodh Naseeb


Nenhum comentário: