sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Entrevista com Naseeb (2)




Qual o seu trabalho no BIO.ZEN?

Satsang é uma palavra sânscrita e significa "associação com a verdade além das aparências". Chamo de “Encontro Sagrado”. Em nossos encontros oferecemos espaço para investigar, dialogar, ficar em silêncio, experimentar meditação, música ao vivo, fazer amizades, trocar vivências. Não há crenças, nem dogmas, nem escrituras ou métodos a seguir. Apenas a disponibilidade para entrar em intimidade com a vida. Um trabalho que segue a linha de Eckhart Tolle, autor do livro O PODER DO AGORA.

A paz começa consigo. Este é o primeiro passo. Um ativista quântico é aquele que viu esta possibilidade na experiência, e agora compartilha isto. Diante da crise mundial da ética, a revolução interna é o movimento mais poderoso que ocorre atualmente no planeta. As instituições estão percebendo que o seu funcionamento depende de cooperação e sintonia mútua. Depende de pessoas conscientes e criativas.



Essencialmente o primeiro passo é saber que você não é a mente. O que me refiro a mente o conhecimento que vem da memória. Mente é condicionamento e automatismo. Você é consciência livre. Você não se reduz à sua mente. Consciência é criatividade. Os físicos atualmente estudam os chamados “saltos quânticos”.

São os saltos criativos que a mente condicionada (memória) sofre através da mente quântica, a consciência inteligente. Os gênios de todas as áreas (Lennon, gênio na música; Einstein, gênio da física; Buda, gênio espiritual) experimentaram estes saltos, e todos relatam isto em suas vidas. São mudanças radicais, novos paradigmas, pensamentos inéditos, criatividade original, que surgem subitamente na mente de uma pessoa.

Pois hoje se está descobrindo que podemos criar um clima para “convidar” o salto quântico. E daí está nascendo a “educação quântica” ou a nova consciência criativa. Aprender a trazer isto para todas as áreas da vida é o objetivo deste trabalho que realizo. Este salto quântico, quando mexe com a identidade, ampliando a consciência de quem você é, é o que muitas vezes os sábios antigos chamaram de “acordar espiritualmente” ou o que os filósofos nomearam “esclarecimento”. A visão de vida muda radicalmente.

E é possível a todos. Mas se efetiva realmente apenas naqueles que estão abertos, e outros que se interessam a viver integralmente isto, realizando o que chamo de “o encontro da matéria com a consciência, do relativo com o absoluto.

Nenhum comentário: