quarta-feira, 22 de novembro de 2017

OSHO



O verdadeiro sábio é aquele que se torna consciente de que ele não é a mente, definitivamente. A ideia de pecado surge e ele permanece indiferente; a ideia de se tornar um santo surge e ele permanece indiferente. Com nada ele se identifica, raiva ou compaixão, ódio ou amor, bom ou ruim. Ele permanece sem julgamento, ele não condena coisa alguma em sua mente. Se você é apenas uma testemunha, qual é o sentido em condenar alguma coisa? E ele não elogia nada em sua mente. Se você é apenas uma testemunha, elogio é simplesmente fútil. Ele permanece tranquilo, recolhido e centrado. Enquanto a mente continua esbravejando ao seu redor.


Osho

Nenhum comentário: