quarta-feira, 11 de maio de 2016

O AMOR




O divino marca presença no mundo como Amor. O reconhecimento de que o bem e o mal não existem em si mesmos, que são relativos, nos dá um pista para o que seja o Amor. O Amor não é relativo. O Amor é a marca do divino, que é absoluto, existe antes de tudo, depois de tudo, não está no tempo, não nasce, nem morre.


Sambodh Naseeb

Nenhum comentário: