quarta-feira, 25 de julho de 2018

GAIARSA




Em 1998 tive o privilégio de frequentar uma Formação e Treinamento em Terapia Corporal Gaiarsiana, com o próprio Gaiarsa. Era um prazer vê-lo falar, sempre daquele modo tão original, com suas críticas ferrenhas a tudo que achasse que paralizava o homem para o prazer e a alegria genuínos. No último outubro Gaiarsa partiu. E ficou minha gratidão e alegria por ter partilhado um pouco de minha vida com um homem que apenas queria a verdade, o sagrado, e a beleza.

Uma de suas frases:

"As pessoas vivem entediadas com a monotonia da vida, seja a do trabalho, seja a da família e, ao mesmo tempo, vivem defendendo tenazmente as grades de sua prisão".

Nenhum comentário: